11 julho 2012

eu nasci num castelo



monte da bolarina, pias


eu nasci num castelo

mas não sou uma princesa

amo o meu castelo

para mim é sempre belo


castelo de noites estreladas

calmosas

onde eu menina

sonhava

quando sobre a manta

me estendia

nas pedras mornas da rua

olhando os astros

e o espaço

e pedia

"ó pai conte lá

outra vez

o conto do homem na lua"

eu não sou uma princesa
nem sinto paixão em não sê-lo
mas nasci num castelo


na rua do meu castelo

não há palácios nem princesas

e as pedras e as casas não têm idade

mas falam comigo

sinto-as macias

perderam a aspereza

ficaram lisas

doces


sabem

a saudade


o meu castelo...

como fica longe

mas para mim

está sempre perto

estou sempre a vê-lo



e o que digo é tão certo

que não tenho pena em dizê-lo

eu

 não sendo uma princesa

querendo

podia sê-lo

pois

eu

nasci num castelo

4 comentários:

Anónimo disse...

Parabens Rosalina

Eu não sou principe mas ... sou Nobre.
Percebo-te bem.
OBRIGADO

rosalina carmona disse...

obrigado nunobre
ainda bem que alguém me compreende.
:))

Marília Gonçalves disse...

A candura, a beleza, das coisas naturais, que nos habitam para sempre
Assim esse teu Alentejo em que tu, rubra, és mais uma papoila da esperança
abraço amigo
Marília Gonçalves

rosalina carmona disse...

abraço grande tb para ti, marília.
ob pelas tuas palavras amigas, sempre.
rc