13 abril 2010

avizinham-se novas tempestades


as notícias que vêm dos states não são nada tranquilizadoras. a cimeira dos nucleares, que deixou propositadamente de fora o irão, persistindo na provocação àquele país, é um jogo muito perigoso. obama prémio nobel da paz, reincide nos erros de bush. está a fazer com o irão o que o outro fez com o iraque. depois de terem destruído o país e assassinado um número de civis que ainda hoje não conhecemos, os states, além de terem expurgado toda a classe política do país colocando lá uns da sua confiança, conseguiram os seus objectivos nessa guerra absolutamente abjecta: apossar-se das fontes produtivas de combustível do iraque. vieram depois lavar as mãos, e alguns governantes da europa fizeram o mesmo, desculparam-se que as informações de que dispunham sobre armas massivas eram falsas! entretanto já tinham feito todo o trabalho. e os que foram mortos não lhes intressa. a eles que cometeram tamanho holocausto nada lhes aconteceu. nem um pedido de desculpas ao povo do iraque.  agora vem obama com o mesmo discurso. achará, por ventura, que o pode fazer tendo no bolso o nobel da paz? será isto que o futuro nos reserva? seria mais avisado o presidente dos states tendo mais cuidado com a forma como lida com o irão. é que este país não é igual ao iraque. a sua reação pode ser imprevisivel.

10 comentários:

andrade da silva disse...

cara Rosalina

O Irão, Israel, o libano do Hamas, A Arábia Saudita são paises terriveis, com estes paises sem um forte controlo da comunidade internacioanl, ou sem que esses regimes fascistas caiam vivemos num mundo perigoso.

No Irão mata-se uma mulher por adúltério, um rapaz por homossexualidade, um opositor do Presidente. Estes bandidos são os Hitleres modernos devem ser combatidos por toda a comunidade internacional. Os EUA não são santos, mas perante esta gente, enfim.... mas claro que o importante seria a reforma da ONU etc. O povo do Irão morre já às mãos dos facínoras que os governam, é bom ter presente de que gente se está a falar.

abraço
asilva

Marrocos é uma pequena sombra e já dá que pensar.

Marília Gonçalves disse...

Amiga
a história dos USA é desde o inicio marcada pelo extermínio primeiro com os peles vermelhas e desde ai onde podem fazem limpeza. Não percebo a que tîtulo o presidente actual apanhou com o Nobel em cima, mas o que nunca me deixou dúvidas é que o sistema deles não tinha mudado de um dia para o outro e se o elegeram é porque sabiam as garantias que a sua eleição oferecia aos grandes interesses vampirescos!
não tem perdão a entrada no Iraque por duas vezes e dessem-me mil anos de vida, que nunca esquecerei o horror de ver Bagdad debaixo daquele fogo de artificio do inferno, dos aviões da coligação
não tem perdão que pela segunda vez se tenham permitido intrometer-se nos assuntos internos dum pais soberano, e que país! com uma história milenar!
não tem perdão terem destruído um pais onde o povo vivia desafogado( não se trata aqui do processo do Sadam, isso dizia respeito ao povo iraquiano) não foram os USA tão prontos a intrometer-se contra os abomináveis crimes cometidos pelo Pinochet no Chile ou os crimes na Argentina deixando chegar ao paroxismo o desespero das mães, as loucas da praça da Maio e assim pelo mundo fora!
Aparentemente a humanidade desses senhores encontra-se fechada em caixa-forte e espero que estoirem com ela (metáfora)
mas raios partam o dinheiro e o filho da mãe que o inventou, que só causa desgraças, melhor se viveria talvez de trocas de valores idênticos
e mais me enraivece ainda que os mais necessitados, os mais prejudicados pelas forças do dinheiro se dobrem diante dos senhores, como se fossem mais que que ossos sangue carne ou músculos como preferirem
ACORDEM GENTES! são eles que vos roubam o futuro, a vida tranquila de vossos filhos! e no entanto vocês são a força do número, eles ao vosso lado são um punhado de esterco e nada mais!
Força minha gente abram os olhos a as bocas até que vos oiçam!
convosco
Marília Gonçalves Poeta del Mundo

azinheira sou eu disse...

andrade silva
certamente que não são países recomendáveis para se viver, sobretudo nós ocidentais que temos conceitos de democracia muito próprios, que não são exactamente coincidentes mesmo com os das forças progressistas desses países. mas isso não dá o direito aos USA de chegarem lá bombardear tudo e impor a sua ordem. os problemas de cada país têm de ser resolvidos pelos seus próprios povos e não por outros. ainda mais qd o que querem impor são os seus interesses. em portugal, quando governava salazar não vi nenhuma força política defender que houvesse uma intervenção exterior para acabar com o ditador. felizmente foram os nossos militares como bem sabes, prq tb participaste, que fizeram o 25 de abril. penso que nenhum povo aceita bem a intervenção estrangeira no seu país. julgo que aí concordarás comigo. mas se não concordares tb não há problema.

azinheira sou eu disse...

marilia
concordo inteiramente contigo e penso que dás tb resposta à questão do capitão andrade da silva. eu tb nunca esquecerei as imagens da cidade de bagdad sob as bombas perfurantes dos USA. o assassínio de milhares de civis, o roubo e a destruição de património milenar da humanidade. e a instabilidade política constante,os ataques terroristas em que continuam a morrer civis todos os dias. tudo isto provocado pela intervenção americana no iraque, mas tb no afegnistão ou na mesma linha na palestina. e agora querem partir para o irão. não podemos pactuar com isto.

Marília Gonçalves disse...

Podemos gritar minha querida Amiga,agora o que duvido é que eles nos escutem
e quanto ao que referiste sobre a ausência americana sob salazar (desculpa mas nao dou maiúsculas a monstros) andaram por cá sim, mas não pelas boas razoes, vê as Lajes...
mas em contrapartida viu-se o muito pouco honrado senhor Carllluci desabar aqui como praga logo após o 25 de Abril e tinham tudo muito bem controlado
deixo-te aqui o link para site em francês infelizmente, mas os que não compreenderem peçam a alguém que lhes traduza, para isso somos seres humanos, para sermos solidários L’honorable Frank Carlucci
par Thierry Meyssan*

http://www.voltairenet.org/article12460.html

e um abraço rubro de cravos que nunca teriam chegado à Luz se não
fossem as rubras papoilas!
VIVA O 25 de Abril! Viva a Aliança
povo/MFA


Marília Gonçalves Poeta del Mundo

azinheira sou eu disse...

é isso mesmo marilia
expressemos a nossa indignação!

Anónimo disse...

Eu compreendo perfeitamente as razões do capitão mas penso que ele tb compreenderá o que foi dito a seguir.

Marília Gonçalves disse...

Pobres dos nossos ricos




Mia Couto - Poeta Moçambicano

POBRES DOS NOSSOS RICOS

A maior desgraça de uma nação pobre é que em vez de produzir riqueza, produz ricos.


Mas ricos sem riqueza.


Na realidade, melhor seria chamá-los não de ricos mas de endinheirados.


Rico é quem possui meios de produção.


Rico é quem gera dinheiro e dá emprego.


Endinheirado é quem simplesmente tem dinheiro. ou que pensa que tem.

Porque, na realidade, o dinheiro é que o tem a ele.
A verdade é esta: são demasiados pobres os nossos "ricos".


Aquilo que têm, não detêm.



Pior: aquilo que exibem como seu, é propriedade de outros.


É produto de roubo e de negociatas.


Não podem, porém, estes nossos endinheirados usufruir em tranquilidade de tudo quanto roubaram.


Vivem na obsessão de poderem ser roubados.


Necessitavam de forças policiais à altura.


Mas forças policiais à altura acabariam por lança-los a eles próprios na cadeia.



Necessitavam de uma ordem social em que houvesse poucas razões para a criminalidade.



Mas se eles enriqueceram foi graças a essa mesma desordem (...)






MIA COUTO

Anónimo disse...

É muito bom ler os teus textos Rosalina e a seguir os comentários.
Ler os comentários da Marília, que apenas conheço através da poesia, tenho também muito gosto e o previlégio de ler aqui estes maravilhosos textos de intervenção.
Bendita a hora em que comecei a espreitar o teu blog pois sinto-me mais feliz.
Um grande beijinho
Joana

azinheira sou eu disse...

obrigado joana pelas palavras amigas
ainda bem que gostas de ler o que se escreve por aqui.
sempre que queiras comentar, não te acanhes.
gosto de saber que estás mais feliz
beijinho