22 fevereiro 2010

dona de casa (quase) perfeita

ontem fui uma dona de casa quase perfeita. levantei-me, preparei o pequeno almoço, torradas, café com leite, sumo de laranjas. a seguir fui fazer um bolo. de água mel. e gastei boa parte da manhã. (uma receita antiga, como eu se calhar!) depois disto fiz o almoço. pescadinha cozida, com legumes e um ovo e boas azeitonas alentejanas. a seguir, com mil cuidados porque a cara metade está doentinho e é preciso andar devagarinho, tive de agarrar no carro e conduzir. fomos levar um bocadinho de sol à família. mais tarde fomos às compras. já estava tudo esgotado nas despensa. mas eu é que já começava a ficar esgotada. conduzir outra vez. arrancadas, sacudidelas... no carro! e reprimendas. enfim, chegámos a casa. o jantar é que já não tive coragem. não se pode dizer que não fui uma dona de casa, quase, exemplar. mas como a perfeição não existe…

8 comentários:

Marília Gonçalves disse...

as melhoras do seu bem, e parabéns
pelo bolo "ta"lindo!
vá uma fatiazinha pela Internet à saúde do seu doeentinho
beijinho e abraço de Abril sempre
Marília

lála disse...

Parabéns já conduzes, cuidado com os sinais vermelhos.Tenho essa divida de gratidão para contigo.
Obrigada és uma amiga a valer.
Beijos

azinheira sou eu disse...

marília
obrigado
sirva-se à vontade

lala
os amigos e amigas são paea as ocasiões

Anónimo disse...

De certeza que o bolo estava bom, não me digas que já não deu para fazer o jantar...
Irra que ser mulher (quase) perfeita dá cá uma trabalheira...
Até para ser mulher (im)perfeita dá muito trabalho.
As melhoras
Dulce

azinheira sou eu disse...

dulce
ser mulher já é uma grande trabalheira
obrigado

Saltapocinhas disse...

o bolo ficou com um excelente aspecto... já ia uma fatia!

Ana Camarra disse...

Tadinho do Homem!
Para a outra vez convida que eu fui almoçar á casa da tua vizinha...

beijos

azinheira sou eu disse...

saltapocinhas
por acaso ficou bom
já se acabou
para a próxima

ana
olha que eu aproveito!